5 de fev de 2009

Dário procurando por

Um comentário:

  1. li a porra toda, Dário. e ... eu realmente te respeito. tem até uma admiração em algum desses caracteres. em dois, talvez. é pouco, eu sei, mas achei melhor assim. é proposital, e é por você. que eu sei que gente como a gente, se dá mole, é carcomido pelo lado negro da força. acaba transformando isso em merda, em voz infiltrada na cabeça, e aí, babáu. fudeu-se o ensaio no escuro, na sala vazia, no caralho a quatro. aqui já se passaram 47 dias e foi mais rápido do que eu pensei. perceber isso não faz esse segundo passar mais rápido. nem esse. ou esse. mas os de ontem, os de ante-ontem eram menores, tenho certeza. na verdade não tenho, mas desde que ouvi que aquela coisa de que o tsunami modificou a orbitação da terra e que isso pode ter acelerado o contar do tempo, eu acho que eu consigo notar. dizem que não dá, que foi detalhe. mas eu acho. você consegue? notar?

    ResponderExcluir