8 de set de 2009

TALVEZ anda com as próprias pernas. Não cambaleia.


Procura nas brechas, nos lugares próprios e impróprios, fazer a marca.
Dar o seu recado... Encontramos ressonância no público, em quem aparece e se identifica. Isto nos dá alento para ir além, encontrar novos caminhos.
Deixo aqui uma palha da minha nova direção junto com o Paulo Biscaia, da Vigor Mortis de Curitiba, "A Janela e o Jardim"...




Na foto Monica (Bassan) e Clara (Serejo) dando conta do recado em embate ficcional!

Nenhum comentário:

Postar um comentário